Mais um site WordPress.com

Dicionário Alentejano R-Z

R

Ruminar

O acto de não acatar ou seja não fazer nada

Rabanho

Rebanho

Respêto.

Respeito

Ribanceira

Barranceira

Ribêra

Ribeira

Ritimo

Ritmo (ex:trabalha c/ mt ritmo)

Rodilha

Guardanapo

Rôpa

Roupa

 

 

S

Soalhêra

Que faz um sol danado ou que está ao sol (ex: tens o burro à soalhêra ou tá uma soalhêra qu’até m’escalda os túbaros)

São mais que as mães

São muitos

São mais que muitos

São muitos

Se bem calha

Provavelmente

Se eu lhe der guita

Se o deixar à vontade – se fizer caso dele/a

Sou

Sofases

Sofás

Sombrinha

Chapéu-de-chuva

Stander

Stand

Suador de pêto

Acasalar, excitar sexo

 

 

T

Tá fazendo ronha

Não está a aproveitar o tempo, finge que faz

Tá fêto mariola

Está feito brincalhão

Tá lé a lengalenga

Quando se repete, enfadonho

Tá lé a Tontaria

Quando não concorda com o que se disse

Tá lé o esparragado

Alvoroço – Confusão – barulho

Tá mangando comigo

Está brincando

Tá passado da cabeça

Não está bom, está maluco

Tal Nei a Moinha

Ai que chatice

Talmente

Naturalmente

Tamêm

Também

Tamos cagádos

Usada quando as coisas não correm bem

Tanganho

Pauzinhos

Tanta familia

Muita gente

Tanta porquera

Muita porcaria

Tanta precura

Tanta pergunta

Tardi

Tarde (boa tarde)

Taronja

Meio tonta

Tarroera

Barreira

Tás a mangar

Não está a falar a sério

Tás com fastio?

Tas sem fome? /Tas enjoado

Távendo

Esta a ver.

Tém ávondo

Já chega

Tô de pau feto

Estou excitado

Tónho

António

Tornêra

Torneira

Trambolho

Uma coisa sem jeito nenhum ou um pau que se colocava dantes ao pescoço dos cães para eles não correr demais atrás das ovelhas.

Tramoço

Marisco de origem vegetal alentejano

Transistor

Rádio a pilhas

Tremera

Nervoso

Trempe

Acessório em ferro para colocar as panelas ao lume

Trigue

Tigre

Tromba

O focinho de um animal ( de duas ou quatro patas)

Túbaros

Tomates (não são os vegetais, são os outros) ex: levou uma bordoada nos tubaros que até andou a 9)

Ténica

Técnica

 

 

U

Untar o pão

Barrar o pão.

 

 

V

Vais ter um lindo enterro

Não ter êxito

Vazar a bolsa

Ejacular

Velháca

Viro-te as tripas ao contrário

Ameaça de agressão física

Viro-te do avesso

Ameaça de agressão física

Viu uma data deles

Viu muitos

Vocemessê

Você

Vreda

Vereda (atalho, caminho)

 

 

X

Xaparro

Azinheira Pequena

Xonar

Dormir

Xumela

Almofada

 

 

Z

Zoio

Alegremente alcoólico

Zaragata

Desordem

Zéi

(Zé) José

 

Advertisements

Comentários a: "Dicionário Alentejano R-Z" (1)

  1. Aprovo totalmente esse trabalho. Principalmente eu, que vivo no Brasil, desliguei-me de muitas expressões alentejanas e até de Portugal em geral. Quando leio alguma reparo no detalhe e, claro, sei o significado, mas é sempre uma agradável surpresa. Por exemplo, Rodilha, Pantamineiro, Guita e Ronha, aqui ninguém conhece…
    Lá mais para o Norte e Nordeste já se usam muitos termos desse tipo. Na Bahia, por exemplo, se diz o abecedário do mesmo modo que nós aprendêmos em Portugal (mê, nê, guê…)
    Vai em frente! O trabalho é interessante.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: