Mais um site WordPress.com

“Sagizinha” Praia Linda

UM CULTO À SAGI!

(Praia do Rio Grande do Norte)

 

Não há limite para a aventura do homem. … Quando Colombo encontrou o caminho do novo Continente, não foi apenas pelos ventos e as águas do Atlântico que ele navegou, mas pelos ventos e as águas das aspirações de sua alma.  (EMANUEL SWEDENBORG)

 

Sagi!  Princesa Sagi!

Quando pisei teu rincão,

Apaixonei-me por ti,

com toda minha paixão!

 

Quando fui te descobrindo,

minh’alma, se enterneceu…

És o presente mais lindo

que a natureza me deu!

 

Em tuas águas morenas,

meu coração, mergulhei.

Esqueci dores e penas,

na hora que te encontrei!

 

Uma beleza infinita,

reina em teu solo, Sagi!

És a praia mais bonita,

das praias que conheci!

 

Em teu colo, sou criança

a desbravar desafios…

Mistura de esperança,

céu e mar.  Matas e rios!

 

Meu coração sertanejo,

conservador assumido,

ao receber o teu beijo,

quase mudou de partido!

 

Sem forças p’ra resistir,

minha alma, simplesmente,

tornou-se agreste, ao sentir

o teu perfume envolvente!

 

Ao ver-te a primeira vez,

tão bela e aconchegante…

Esqueci a sensatez…

Amei-te no mesmo instante!

 

Qual paraíso encantado,

teu mar, é fonte de harpejos!

Ai, Sagi!  És o pecado

que faltava em meus desejos!

 

Em tua orla de giz,

coração…  Bate ligeiro!

Junto a ti, sou mais feliz!

Adoro sentir teu cheiro!…

 

 

Cheiro de resina doce…

Suave…  Embriagador…

Gostoso, como se fosse

o doce cheiro do amor!

 

Cada dia, és mais formosa!

Cada vez mais, te venero!

És flor, canção, verso e prosa…

Só eu sei, quanto te quero!

  

Antes de te conhecer,

andei por muitos recantos…

E agora…  Não sei viver

distante dos teus encantos!

 

A dança dos teus nativos,

merece admiração…

Teus costumes primitivos

flecharam meu coração!

 

Dentre os lírios verdejantes,

és o mais formoso lírio!

Ninho ideal para amantes…

Um verdadeiro delírio!…

 

Delírio que me atordoa…

Que aumenta o meu desejo

por esta coisa tão boa,

que sinto quanto te vejo!

 

Nas noites de lua cheia,

és tão plena de candura,

que teu fascínio, semeia

sentimentos de ternura!

 

Deus te fez assim, tão bela…

Tão cheia de fantasia…

P’ra ser eterna aquarela…

P’ra cultivar poesia!

 

Eu que sempre desejei

um amor "inusitado"…

Ao ver-te, realizei

o meu sonho mais sonhado!

 

E assim, sob à luz divina,

à ti, eu vou me entregando…

Teu mistério me fascina!

Hei de morrer te amando!

 

(Dilma Damasceno)

 

Baía Formosa/RN  – "Sagi" –  20/06/1994

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Nuvem de etiquetas

%d bloggers like this: